28 de out de 2010

'quem não dá assistência, abre concorrência e perde a preferência'



Evite ser Traído
Arnaldo Jabor

Para as mulheres, uma verdade! Para os homens, a realidade.


Assim, após um processo 'investigatório' junto a essas 'mulheres modernas' pude constatar o pior.
VOCÊ SERÁ (OU É???) 'corno', ao menos que:
- Nunca deixe uma 'mulher moderna' inseg ura. Antigamente elas choravam. Hoje elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.- Não ache que ela tem poderes 'adivinhatórios'. Ela tem de saber da sua boca o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.
- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol) mais do que duas vezes por semana, três vezes então, é assinar atestado de 'chifrudo'. As 'mulheres modernas' dificilmente andam implicando com isso, e se implicar uma vez e depois não se importar mais.... atenção!! Aí tem!!! Entretanto, elas são categoricamente 'chei as de amor pra dar' e precisam da 'presença masculina'. Se não for a sua meu amigo.... Bem... com certeza será de outro. Mulheres assim nunca ficam sozinhas! Pelo contrário tem sempre no mínimo 3 na fila.
- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex é grandessíssimo.
- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As 'mulheres modernas' têm um pique absurdo em relação ao sexo e, principalmente dos 25 aos 45 anos... Bom, nem precisa dizer que se não for com você...- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????- Nem pense em provocar 'ciuminhos' vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar ou imaginar o fato de você estar olhando para outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo a um 'chifre' tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém. ..- Sabe aquele bonitão que você sabe que sairia com a sua mulher a qualquer hora? Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece... Quando você reparar... já foi.- Tente estar menos 'cansado'. A 'mulher moderna' também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para muita coisa.- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair trocavam e-mails ou telefonemas, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A 'mulher moderna' não pode sentir falta dessas coisas... senão...
Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão 'quem não dá assistência, abre concorrência e perde a preferência'. Desse modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (FALEMOS DE QUALIDADE), pense bem antes de dar alguma dessas 'mancadas'...
Proteja-a, ame-a, e principalmente, faça-a saber disso.
Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele 'bonitão' (ou aqueles bonitões) que vive (vivem) enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!!!
Quem não se dedica, se complica. Como diz a música:
'MULHER NÃO TRAI, SE VINGA'.

14 de out de 2010

Amiga de trabalho.. #





Já decorei todas as blusas e sutiãs que já vi. Todos os colares que combinam e os outros, tão grandes, que me incomodam. As melhores blusas e as blusas que eu detesto. Os sutiãs coloridos, que aparecem tanto nas blusas claras, os de rendinha, que causam um impacto diferencial na blusa, os mais apertadinhos, os mais folgadinhos, os diferentes, os mais clássicos. Já decorei todos, e quando ela chega busco logo ver meus velhos conhecidos, e quando surgem novos, se me ajudam são bem vindos, se me atrapalham desejo que ela enjoe tão logo. Vem sorrindo me abraçar... meu primeiro e único contato com eles. Tão redondos, tão delicados, tão fartos, tão quentes, tão dela, nunca meus, tão eles, tão par, tão seios... Por vezes vejo os mamilos excitados e me assusto, copio mais, fico nervoso, complicado, quero saber se é frio ou calor, quero saber se estão bem, se me querem, se querem que eu os veja, que eu os toque, que eu os pegue, que eu os morda, que eu os acomode em minhas mãos.. que eu brinque com eles... ah, os mamilos, se minha língua pudesse tocá-los, acalmá-los, excitá-los mais... Uma amiga de trabalho, um par de seios, um tesão, um problema... #
Outubro rosa!
Cuide-se!
(mais informações, clique aqui)

8 de out de 2010

Acordar contigo #


Acordar contigo ao lado é como não acordar,
mas, continuar sonhando...
todo seu corpo me envolvendo...
suas mãos me acariciando,
seus lábios a tocar os meus,
minha pele arrepia com suas palavras,
todas ditas ao tom sensual,
proferidas ao pé do ouvido,
sua voz penetra em meus sentidos,
traz-me a fera que dentro de mim quer devorar-te,
quer lançar-te novamente a cama no amanhecer,
para que possa novamente me tocar,
como o fizeste a noite,
para me fazer gemer, gritar, suar, gozar,
para me usar como sua mulher,
a única, a que te deixa louco,
aquela que você diz que sabe como fazer,
que toma as iniciativas que te arrepiam,
aquela que sabe usar a língua, e lambe-lo lentamente,
aquela que sabe se encaixar com delicadeza,
e, depois, te sucumbir a momentos selvagens,
sentir-te excitado..
tocar seu corpo, tirar sua roupa,
ver-te despido em minha frente,
ansioso para o toque,
para que eu passa minha língua em cada extremidade,
para que eu te masturbe da forma mais intensa,
para que depois devolvas,
abrindo-me as pernas e deliciando-se veemente,
introduza a vida pela minha fenda,
vem... delícia...
faz-me sua mulher, unicamente sua,
coloca-me nas posições que te excitam,
deixe-me dominar-te,
arranque meus gemidos,
goze comigo de prazer...
Acordar contigo ao meu lado,
é como não acordar... é como estar dormindo,
um adormecer ardente... #

6 de out de 2010

Fogo! #


Um casal prevenido não atrai amantes. Era cedo, ele a viu dormindo, aquele era o dia de folga dela. Sorriu, arrumou-se e saiu para trabalhar sem fazer muito barulho para não incomodá-la. Ela trabalhava muito. No caminho do trabalho, passou na rádio uma música deles do tempo de namoro. Ele até conseguiu cantá-la. Lembrou de episódios engraçados e de que fazia tempo que não fazia uma surpresa para ela. Pensou... pensou... lembrou que ainda não tinham feito algo que ela tinha comentado que acharia excitante. Ele riu, imaginou-se naquele papel e prometeu-se que daria providencia de comprar os acessórios na hora do almoço, e, quando chegasse do trabalho, faria uma surpresa.
Ela acordou... lembrou-se dele, olhou para o relógio, era tarde, ele já havia ido... sorriu, por ele ter o cuidado de não acordá-la. Ficou um tempo a pensar nele... hoje era sua folga. Poderia fazer algo diferente. Pensou... pensou... lembrou-se de uma fantasia que eles tinham comentado há um tempo... e que ainda não tinham realizado. Ela sabia que iria deixa-lo excitado. Não hesitou, arrumou-se e foi cuidar de um jantar com uma sobremesa surpresa.
Como disse, um casal prevenido vale por dois. Às vezes, faz bem reconquistar o já conquistado só para ter mais garantia que conquistou ou aumentar o prezo de validade da relação.
Mais ou menos as 17h.. ele não aguentou mais ficar no trabalho, olhava os pacotes que comprou embaixo da mesa com certa excitação. Queria ver a cara dela quando visse ele daquele jeito. 
Em casa, ela ouvia música em volume altíssimo, cantando, preparando a casa como um coito de amor. Cuidou de todos os detalhes, o cardápio, claro: afrodisíaco. Logo, uma mensagem chegou no celular dela: 'Calma, querida, estou chegando para te salvar do fogo'. Ela: Hein?! Ele anda lendo meus pensamentos, é?! Ela sorriu, e mesmo sem entender, vestiu-se logo e  deitou-se no sofá com a lingerie que comprou, bem sensual, como ele gosta, com várias velas dispostas na sala, a esperá-lo. Ele chegou, a casa estava escura, quando entrou pela porta, correu até ela, todo caracterizado de bombeiro. Ela, claro, assustou-se quando o viu... ele ficou olhando em volta, riram juntos, e claro, entraram no clima em fração de segundos... O que aconteceu depois?! Ah... um casal, lingerie... bombeiro... sabe como é que é, né?!