3 de dez de 2011

Poema para um saudoso amor #

 
A luz dos meus olhos anoitece

A pulsação do meu corpo entardece
O meu sorriso é neblina
O meu humor é tempo fechado.

Tudo em mim te aguarda
para amanhecer.
Os meus melhores sonhos te buscam
para serem enfim sonhados.
Meu mundo sem ti é inerte.

Causador das minhas púrpuras emoções
Aguarda-me no teu cantinho
Irei com o vento te buscar
Para que tu navegues em meus mares profundos.


Para que transites em meus caminhos escuros.
Para me fazer muito mais nós,
e muito menos eu mesma.

Espera no teu cantinho, calmo e quietinho,

que vou curar tua saudade que em meio peito é dor, dor que só tem a ti como cura.
Cura-me quando eu chegar.
Não te irrites nem te entristeças,
Posso estar demorando, mas me aguarde, estou chegando.

Levo a cura da tua saudade,
A busca da cura do meu coração
e um presente, só teu, só para ti:
Este poema, saudoso para um grande amor,
Amor-você, tu-amor, Amor-te.

Espera-me no teu cantinho, homem lindo menino,
Menino-homem do meu coração.

7 reações:

mfc disse...

Toda a beleza do sentimento amoroso está aqui bem espelhada!
Lindo.

Fie disse...

E as saudades aumentam.
Em primeiro lugar, perdão pela demora, andei meio cabisbaixo sem grande motivo.
Na verdade acho que to meio triste que as aulas acabaram. Tem muita gente da turma com quem simpatizei... ;/

Mas hein, seu poema é lindo. Como todos os seus que tem aqui no blog. =)

Cara girafinha bahiana. x)

Eu não sou muito fã de primeira pessoa por que a terceira narra a história de uma perspectiva que nem mesmo o personagem pode captar. Gosto de onipresença.

É, a vida é cheia de surpresas. Coincidência termos passado por situações que são, de certa forma, parecidas... mas faz parte né?

Hoje eu ainda nem dormi, tenho mania de às vezes desenbestar de virar vendo filme ou jogando. Agora to aqui quebradaço e escrevendo aqui. x)

Então você sabe dançar... Me ensina?

Ai desculpa o comentário minúsculo. Eu to morrendo de sono e vou dormir logo ta? ;/
Quase dormi umas cinco vezes aqui enquanto tentava escrever o comentário. :***
Te gosto muito. Saudades. =)

Pensador disse...

Lindo, seu poema!
Saudade é um sentimento pelo qual poderíamos não precisar passar...
Beijo!

O Profeta disse...

Amei, amo a beleza
Tropecei muita vez na incerteza
Transformei miséria em realeza
Ri de contente e de tristeza

Ri para os olhos que me deram amor
Ri para o mar onde pesquei ilusões
Ri em cada partida e chegada
Que fiz numa vida de contradições

Procurei o segredo da verdade feliz
Percorri o caminho do vento cheio de ardor
Uma gaivota entregou-me uma concha cheia de mar
Era…O Elixir do Amor…

Um mágico Natal

Abraço-te

O Árabe disse...

Belo, sim... e intenso! Boa semana, amiga. Feliz Natal!

mfc disse...

Que em 2012 possas concretizar muitos dos teus projectos e que ele venha bem menos farrusco do que o pintam.
Um grande abraço!

David C. disse...

Fascinantes palabras.
Feliz 2012.