2 de dez de 2011

Sem pressa #



Não tenhamos pressa,
um amor eterno não se constrói em dias,
mas nas eternidades dos momentos.

Não apressemos o luar,
antes do pôr-do-sol.
Nem reclamemos pela luz das estrelas,
antes que as nuvens se camuflem no noturno
da essência da noite.



Não quero pousar meu corpo junto ao teu,
antes que os sentimentos se façam rocha,
inabalável, intransponível, petrificada.

O gozo maior provém da morte da espera.


Esperemos então,
que os frutos amadureçam nas árvores;
que o outono venha depois do verão;
que a lua deite-se no mar, depois do pôr-do-sol; que nós nos tornemos em um só,
depois dos descaminhos ambivalentes tidos pela vida.

1 reações:

Fie disse...

Perdoe-me, mas tenho pressa sim. Como diria um amigo meu: "Quem tem fome tem pressa...". E eu tenho fome de você. E não pense de forma carnal, ou melhor, pense, bastante, mas não apenas dessa forma, pois também tenho fome de sentimentos e sei que essa fome você conhece tão bem como eu.
Desculpe, mas não conheço espera quando sinto, ainda mais no ano que decidi ser mais impulsivo...

Cara refeição de corpo e alma que tenho pressa em devorar, mas quero demorar muito ao degustar... =)

Não precisa se desculpar, fica tranquila, sei que você é moça baiana atarefada e que tem coisa melhor que fazer a comentar na postagem que fiz totalmente pra você com seu nome e tudo... Afinal, é só uma postagem né? *draminha*

Só lhe aviso que se você não der nem um "ai" da sua presença na minha ultima postagem extremamente pessoal que também fiz pra você saber mais sobre mim... Vou sumir da sua vida. =)
*ameaças dramáticas* xD

Não, você não é mais dramática que eu. Duvido. xD

Eu acho a palavra dedicação muito deliciosa sim e... ops... perigosa? Onde? ;p

Bom, eu tanto não consigo imaginar um nerd como eu baladeiro quanto não o sou nem um pouco. ODEIO boates e música eletrônica característica desse ambiente. Em suma odeio lugares completamente fechados, abafados, música extremamente alta a ponto de não permitir uma conversa nem em voz alta, e... ah.. não sei dançar também. xD

Independente de ter mulheres que gostam de homens assim, eu raramente gosto de mulheres baladeiras... mas acontece. ;p

Baba ovo? Eu não babo nem o meu. Se eu tenho a opção de aumentar minhas notas eu corro atrás ué. É bom ter notas boas logo pra não correr atrás depois e ficar mais tranquilo.

Tudo bom, eu posso não ser ainda muito dependente de você, mas... e se eu quiser?

Ué... você é impulsiva. Impulso é quase que instinto. E não existe nada mais silvestre/selvagem que instinto. o.o

250? Já publicou algum livro? Ou arrumou tudo num caderno ou coisa assim? =)

Ah... só me empolguei com o papo de animes por que eu tenho visto algumas animações da produtora que te falei, são só longas animados, nem parece anime. Muito poético e muito lindo. *-*

Todo mundo tem história com Love Hina (menos eu que só li o mangá. xD)

Bom, parte da sua curiosidade sobre a Chuva vai ser morta com a postagem recente que fiz sobre o Vento. Você vai entender por que sou tão apegado a elementos. ~^^

Ei... o pedaço de mim que eu estou te dando com essa postagem que eu to falando direto aqui é um pedaço especial ta? Lê com carinho, com tempo e com calma, muita calma. :*

Abraços, saudades, beijo. :*
[e dessa vez vou escrever "pouco" pra você ter mais saudade de mim. ;p]