17 de mai de 2009

Ao Som Da Lira (versão dela)

Desastrado, mas até isso em ti é sedutor. Minhas amigas solteiras como eu me chamaram para a festa. Me prometeram que teria homem bonito. Coloquei o vestidinho rosa que eu mais gosto e fui. Mas estava tão cansada do trabalho... Mas, queria conhecer alguém, estava cansada de estar solteira. Minhas amigas sempre falam que homem demora, mas cai aos seus pés. E, você, literalmente caiu. Eu ri por dentro, mas ajudei imediatamente. Você me olhou intensamente, me deu vontade de te beijar, mas era altamente louco da minha parte. Você é tão lindo... Tímido e isso é muito bonitinho. Adorei. Conversamos a noite toda e é como se nós já vivêssemos juntos a anos. Me levou em casa e eu gelei. Queria te beijar, mas uma amiga minha disse, mesmo sem te conhecer, que você era galinha. Disse que você tinha cara. Então, resolvi machucar. Se você estivesse mesmo interessado ia ter que esperar. Como eu podia ser tão cruel? No dia seguinte fingir trabalho, minha chefe achou que eu estava doente. Completamente aérea. A música que tocou quando nos olhamos ainda tocava na minha cabeça. Dias e dias nos vendo e aconteceu o primeiro beijo. Suas mãos... seus lábios, nossa, arrepiei. E você ficou vermelhinho, perfeito. Continuamos saindo e hoje, juntos, nossa, bom da vida é te amar. Você é todo carinhos, até quando me atraso. E olha que um dia você me disse que odiava atrasos. Não entendo. Deve ser o amor. Construído a cada dia. Homens, só se conhece no cotidiano. Mas, apesar dos apesares, eu te amo querido.

2 reações:

EMPOEMAMENTO disse...

Gostei, gostei, gostei.

Mas o moço, o moço... Ahh, ele escreve melhor...

Eu gostei de queda na versão dele...

rsrsr...

P.S:. eu também riria por dentro. Pode ser cruel, mas queda é uma coisa engraçada! Não sei por qual motivo estou a revelar isso...

Beijos Vermelhos!

Davi Machado disse...

Esta versão tem seu charme...

rsrs